By Cell Tech Belém / BlogTecnologia / 0 Comments

Quick Charge: saiba como funciona e veja quais celulares são compatíveis

A pouca duração das baterias dos celulares tem sido um grande problema na vida de usuários. Entretanto, o Quick Charge, tecnologia da Qualcomm, promete amenizar isso. O recurso é capaz de carregar alguns modelos de smartphones com Android e Windows Phone em até 80%, em apenas 35 minutos. Isso não é nada mal para um tempo que chegava a durar entre duas e três horas.

Se você ainda não conhece a novidade e quer saber como funciona, a Cell Tech  explica tudo sobre o Quick Charge e também os modelos compatíveis à venda no Brasil. Confira:

Quick Charge é uma tecnologia de carregamento rápido da Qualcomm para smartphones (Foto: Arte/Elson de Souza) 

 

Quando o usuário conecta um carregador à tomada, o componente começa a converter a energia recebida em uma potência adequada à bateria e demais componentes do celular. Em acessórios convencionais, os valores variam entre 5 Volts / 0.5 Ampère a 5V / 1A, gerando potência de 5 watts (W).

Para celulares com baterias de até 2.000 mAh, esses carregadores mais simples conseguem se sair relativamente bem. No entanto, à medida que smartphones atuais superam os 3.000 mAh e até os 4.000 mAh, o tempo conectado à tomada pode virar um verdadeiro tormento. É aí que a tecnologia da Qualcomm age.

Para acelerar o carregamento em smartphones com Quick Charge, a empresa embutiu novos componentes capazes de receber uma carga maior do que a normal sem danificar o aparelho. Entre eles, destacam-se os processadores e o carregador, que são capazes de conversar entre si para que a carga suportada seja liberada para agilizar o carregamento. Confira os detalhes técnicos e os chips compatíveis:

Resultados do Quick Charge 3.0, 2.0 e 1.0 de acordo com a Qualcomm (Foto: Arte/Elson de Souza)
Resultados do Quick Charge 3.0, 2.0 e 1.0 de acordo com a Qualcomm 

O Quick Charge 3.0, padrão mais recente, consegue obter 80% de bateria em apenas 35 minutos graças a um algoritmo batizado de INOV (Intelligent Negotiation for Optimum Voltage). Essa tecnologia dá ao aparelho o poder de requisitar a potência desejada em tempo real e de forma fracionada para maximizar os resultados. Ou seja, há uma troca mais inteligente entre carregador e bateria.

Para garantir que o sistema opere perfeitamente, o Quick Charge funciona apenas com carregadores certificados pela Qualcomm. Além disso, esses acessórios são capazes de distinguir qual a amperagem máxima suportada pelo telefone para evitar danos. Isso também significa que não adianta conectar um aparelho sem a tecnologia ou à uma tomada mais forte, já que a velocidade não será alterada.

LG G5 é um dos primeiros smartphones compatíveis com Quick Charge 3.0 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)
LG G5 é um dos primeiros smartphones compatíveis com Quick Charge 3.0

Ainda que o celular do usuário tenha um chip compatível, como o Snapdragon 801, a fabricante pode optar por não usar o Quick Charge no aparelho. Outro detalhe é que a Qualcomm também licencia o carregamento rápido para aparelhos com chips de outras fabricantes. Sendo assim, vale consultar o manual de instruções do aparelho para se certificar de que o telefone é compatível.

– Quais aparelhos compatíveis no Brasil?

Alguns aparelhos disponíveis no Brasil já são compatíveis com o carregamento rápido de bateria. Acompanhe os modelos por fabricante:

Samsung

Oficialmente, a Samsung não declara se usa ou não a tecnologia Quick Charge como seu recuso de carregamento rápido. No entanto, um documento da Qualcomm revela que os aparelhos compatíveis com o QC 2.0 são o Galaxy Note 4, Galaxy Note 5 e Galaxy Note Edge, os Galaxy S6, Galaxy S6 Edge e Galaxy S6 Edge Plus, que possuem os componentes necessários.

Galaxy S7 e S7 Edge contam com Quick Charge 2.0 (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Galaxy S7 e S7 Edge contam com Quick Charge 2.0 
saiba mais

Os recém-chegados Galaxy A7 2016 e Galaxy A5 2016 são outros modelos que possuem o carregamento rápido. Por fim, o Galaxy S7 e o Galaxy S7 Edge têm causado polêmica lá fora por serem compatíveis apenas com o Quick Charge 2.0 e não com a versão 3.0, que é mais rápida.

Motorola

No Brasil, a Motorola possui uma grande variedade de aparelhos com Quick Charge 2.0. São eles o Moto G Turbo, o Moto X (2014) e os Moto X Force, Moto X Style e Moto X Play. Todos os modelos chegam acompanhado do carregador Moto Turbo da empresa.

Moto G Turbo possui carregador compatível com Quick Charge 2.0 (Foto: Divulgação/Motorola)
Moto G Turbo possui carregador compatível com Quick Charge 2.0 (Foto: Divulgação/Motorola)

LG

LG G5 deu uma rasteira no Galaxy S7 ao trazer o Quick Charge 3.0, que carrega a bateria do aparelho a 80% em apenas 35 minutos. Além dele, contam com a versão 2.0 da tecnologia os modelos LG G4 e LG G Flex 2, já disponíveis por aqui.

Sony

A Sony tem apenas modelos com o Quick Charge 2.0 no Brasil. São eles: Xperia Z5, Xperia Z5 Compact, Xperia Z5 Premium, Xperia Z3Xperia Z3+ e Xperia Z3 Compact. Outros que também contam com o recurso são os recém-lançados Xperia X, Xperia X Performance e Xperia XA, ainda sem previsão de lançamento no Brasil.